Você já parou para pensar que muito do que sabemos hoje é devido a experimentos e testes prévios?

O planejamento de experimentos, que será discutido neste artigo, é bastante utilizado para desenvolver novos processos e, também, solucionar problemas de processos já existentes, auxiliando seu controle estatístico.

Confira tudo o que esse artigo abordará por meio dos seguintes tópicos:

 

  • O que é o planejamento de experimentos?
  • Termos importantes do planejamento de experimentos;
  • Aplicações do planejamento de experimentos;
  • Como fazer um planejamento de experimentos?
  • Objetivos e importância do planejamento de experimentos.

 

O que é o planejamento de experimentos?

 

O planejamento de experimentos, ou Design of Experiments (DOE), é uma técnica para definir quais os dados devem ser coletados em determinado experimento.

Essa técnica é ideal para estudar o efeito de um conjunto de vários fatores sobre uma variável resposta de interesse.  

O planejamento de experimentos realiza análises para promover um melhor desempenho operacional e, consequentemente, a redução de seus custos.

Mas, como assim? 

Basicamente, por meio da experimentação planejada, é possível entender e investigar a causa de variação no processo e, a partir disso, realizar testes para resolvê-la. 

Além disso, a metodologia conta com gráficos de controle para um maior entendimento visual sobre os experimentos. 

Vale lembrar que o planejamento experimental não é nenhuma receita de bolo que você irá seguir. Assim, é necessário ter um especialista no assunto que, juntamente com a técnica, obterá resultados produtivos e com menor custo para a indústria.

 

Antes de você prosseguir para estudar mais sobre o tema, eu tenho uma super dica para você!

Nós preparamos o curso de Introdução ao Lean Manufacturing para você, que está interessado(a) em tomar decisões mais assertivas e analisar dados mais concretos.

Não perca essa oportunidade e clique no botão abaixo para conferir!

Curso Introdução ao Lean Manufacturing

Agora, você vai conferir alguns termos relevantes acerca do planejamento de experimentos. Fique ligado(a)!

 

Termos importantes do planejamento de experimentos

 

  • Variável resposta: é a saída de um experimento, resultante de uma variação das variáveis de entrada. Um experimento pode ter uma ou mais variáveis de resposta;
  • Níveis: são dados ou valores de um fator quantitativo ou qualitativo considerado no experimento;
  • Fatores ou Tratamentos: são as variáveis que se alteram de acordo com o andamento do experimento para testes na variável de resposta;
  • Aleatorização: é o método estatístico de alocar os pontos experimentais por meio de um processo aleatório. Isso permite que haja normalidade dos dados, evitando algum resultado tendencioso e aumentando a eficácia do teste;
  • Blocos: grupos de dados que são tratados de forma similar,. É esperado que a variação dentro de blocos seja menor do que a variação do experimento como um todo. 

 

Aplicações do planejamento de experimentos

 

O planejamento de experimentos pode ser aplicado em diversas situações, como por exemplo:

  • Avaliação de parâmetros de um projeto;
  • Comparação e seleção das melhores configurações de um projeto;
  • Avaliação de materiais;
  • Aquisição de produtos mais enxutos e otimizados.

 

Como fazer um planejamento de experimentos?

 

A seguir, você vai conferir todas as etapas necessárias para a execução de um planejamento de experimentos.

 

Reconhecimento e identificação do problema

A primeira etapa da experimentação planejada é identificar qual é o problema e onde ele se encontra. Para isso, é importante a participação de todos os setores envolvidos, seja a parte de qualidade, marketing, operações ou engenharia

 

Estabelecer um objetivo 

É importante que, antes de iniciar o planejamento, se estabeleça um objetivo bem definido com resultados práticos.

 

Escolha da variável resposta

Como você viu, a escolha da variável resposta é fundamental para o sucesso do projeto. Em algumas vezes, o desvio padrão ou a média da característica em análise serão a variável resposta.

 

Listar para cada variável resposta e variável controle

É preciso listar, para cada variável (controle e resposta), o nível normal em que o processo será rodado, juntamente com a distribuição ou amplitude normal.

 

Escolha dos fatores e dos níveis

Nessa etapa, é necessário que, a pessoa que está realizando o experimento, escolha os fatores que podem variar (junto com os intervalos) e os níveis que serão rodados no processo. 

Vale ressaltar que cada processo pode apresentar diferentes fatores, sendo particular. A escolha de fatores de um experimento deve ser diferente de outros testes.

 

Listar restrições

Antes da fase de escolher o tipo de planejamento experimental, é importante listar e registrar todas as restrições observadas na etapa anterior, como: materiais utilizados, tempo de duração e processos relevantes ou irrelevantes. 

 

Escolha do tipo de planejamento experimental

Para escolher o tipo de planejamento experimental que será executado, é importante considerar o tamanho da amostra, a combinação da melhor sequência de rodadas e as restrições envolvidas.

 

Realização do experimento

Nessa fase, é importante controlar e avaliar o processo, para garantir que tudo esteja de acordo com o planejamento prévio. 

 

Análise de dados

Para a análise de dados, são necessários métodos estatísticos para uma maior credibilidade, já que será feito de forma impessoal.

Além disso, é importante analisar os gráficos para uma interpretação mais assertiva do processo.

 

Conclusões do experimento

Depois de ter os dados analisados, é hora de tirar conclusões práticas do experimento!

Para isso, geralmente são utilizados métodos gráficos para a apresentação dos resultados. 

Além disso, é necessário validar o sucesso do experimento, por meio de testes de confirmação.

 

Objetivos e importância do planejamento de experimentos

 

Como você viu, o objetivo de planejar os experimentos está na alta precisão de uma análise estatística do experimento.

Dessa forma, os maiores objetivos do experimento são promover os seguintes fatores:

  • Redução do tempo dos processos;
  • Redução dos custos operacionais;
  • Redução da variabilidade operacional;
  • Aumento da qualidade e do rendimento do processo.

 

Dica bônus!

 

Agora que você já entendeu a finalidade de se fazer um planejamento de experimentos e como ela pode ser estratégica nas organizações, que tal você aprofundar seus conhecimentos sobre Planejamento e Controle da Produção, ou melhor, PCP? 

Confira o nosso curso de Fundamentos de Planejamento e Controle da Produção! 

Nele você será capaz de avaliar os processos de uma empresa quanto aos objetivos de desempenho, relacionar a estratégia da organização com o planejamento da produção e obter uma visão sistêmica do seu negócio!

É só clicar no botão abaixo:

Curso de Fundamentos de Planejamento e Controle da Produção