User Experience (UX) é um método que consiste em um conjunto de técnicas para melhorar a experiência do usuário. Aplicar essa estratégia facilita com que o cliente tenha uma interação com um determinado produto ou serviço.

Esse conceito é fundamental quando falamos de transformação digital, visto que a competitividade no mercado está cada vez maior. A utilização do UX está relacionado também a outras diversas técnicas de marketing digital.

Você quer saber mais sobre user experience? Então, confira abaixo os tópicos que vamos tratar nesse artigo para você ficar por dentro do assunto.

  • O que é user experience?
  • Qual é a importância do user experience?
  • Aplicação do user experience;
  • Como funciona o UX;
  • Quem é o responsável pelo UX?

Para começar o primeiro tópico, vamos falar sobre o que o UX.

 

O que é user experience?

 

User Experience (UX) é uma estratégia responsável por proporcionar uma interação do usuário com algum produto, sistema ou serviço. Esse termo também é conhecido pela a sigla UX.

O objetivo do UX é sempre gerar uma experiência encantadora, colaborando a fidelização de clientes e a conquista do usuário. Para isso, é utilizado um conjunto de elementos e fatores que avaliam qual a percepção do usuário, podendo ser positiva ou negativa.

Um exemplo para descobrir quais são as primeiras impressões dos seus clientes em relação ao seu produto é realizando uma pesquisa de satisfação. O objetivo dessa ferramenta é unir as informações de forma simples e objetiva por meio de um questionário.

Pensando em ajudar você que deseja coletar os indicadores da imagem do seus produto, a Planilha de Pesquisa de Satisfação é um material disponibilizado gratuitamente.

Com ela, você poderá avaliar se sua empresa está entregando o que realmente seu público alvo deseja. Descubra aplicando essa planilha no seu negócio uma forma eficiente para descobrir como atender melhor os seus clientes.

Clique no botão e faça o download agora.

Planilha de Pesquisa de Satisfação

Com a planilha em mão, vamos entender no próximo tópico qual é a importância do user experience.

 

Qual é a importância do user experience?

 

O termo UX surgiu pela primeiramente na década de 1990, por um engenheiro chamado Donald Norman, enquanto trabalhava na Apple.

Ele definiu que o user experience não avalia apenas elementos de design e interface do usuário, mas também, aspectos relacionados a usabilidade, a facilidade, entre outros.

O estudo da experiência do usuário é uma questão de percepção individual. E, por isso, ela é dinâmica, uma vez que cada indivíduo possui um pensamento e pode ser modificada de acordo com o tempo, as circunstâncias e as necessidades.

Quando falamos de empresas e produtos, o user experience é visto como uma vantagem no mercado para as organizações. Uma vez que o cliente possui uma boa experiência, tanto com a marca quanto com o produto, as chances que o usuário volte a comprar ou indique o produto é aumentada.

 

Aplicação do user experience

 

Alguns profissionais de UX ressaltam que, durante o desenvolvimento de um produto para a aplicação do user experience, é preciso analisar 3 pilares: da utilidade, da facilidade de uso e do prazer.

 

1. Utilidade

 

O primeiro pilar é buscar qual a melhor forma de fazer com que o produto seja útil para o usuário final.

 

2. Facilidade de uso

 

O segundo pilar é projetar sempre pensando em qual a maneira mais fácil e rápida para solucionar os problemas do usuário.

 

3. Prazer

 

O terceiro pilar é sempre produzir algo que vá agregar valor ao usuário, fazendo com seja uma experiência divertida e recompensadora.

 

É possível concluir que a aplicação do user experience é um conjunto de interações pequenas que fazer a diferença e vale a pena para melhorar os resultados da sua organização. Afinal como dizia a citação: “São os pequenos detalhes que fazem a diferença”.

 

Como funciona o UX

 

Podemos citar inúmeras empresas que utilizam o user experience diariamente. Um ótimo exemplo é o Google, isso porque ele se preocupa com a facilidade que o usuário vai ter ao acessar qualquer conteúdo na sua plataforma.

Para melhorar o entendimento de como funciona essa disciplina, vamos focar em e-commerce. Quando aparece o interesse em fazer uma compra online, o primeiro passo é realizar a procura do produto e analisar a sua utilidade de acordo com a necessidade, certo? 

Pois então, é aqui que avaliamos o primeiro pilar, o da utilidade. Esse termo é avaliado ao realizar um compra em um e-commerce. A facilidade do acesso, o entendimento, uma boa velocidade e outros inúmeros requisitos são importantes para o UX.

O segundo pilar pode ser visto no momento da compra no qual o produto não é apenas o que importa para o UX, mas também o próprio site. Se o seu e-commerce possui uma difícil navegação, melhorar isso pode fazer toda diferença para os usuários.

E chegamos no terceiro pilar, o do prazer. Proporcionar uma boa e prazerosa experiência para o seu cliente envolve toda a jornada de compra, desde o anúncio até o momento que o produto chega para o seu cliente.

Durante todo o artigo falamos sobre o que é, a aplicação e como funciona o user experience, mas você deve estar se perguntando quem é responsável por pensar e por analisar todos esses detalhes. Vamos falar sobre isso no próximo tópico.

 

Quem é o responsável pelo UX?

 

O profissional responsável pela prática do user experience é conhecido como Analista de UX. Ele é a pessoa capacitada para estudar, planejar, criar e validar as melhores estratégias para um produto ou serviço.

O seu foco é produzir pensando no público-alvo da empresa a fim de gerar o melhor resultado para a organização.

Para ser um Analista de UX, é possível migrar do UX Design ou IU Design para a área de user experience, mas também os designers, os engenheiros e os programadores podem trabalhar nesse campo.

Apenas é necessário ter experiência diretamente no campo de user experience, interação do usuário (IU) ou design da experiência.

 

Dê destaque ao seu negócio

 

O user experience é muito importante para que seu negócio tenha sucesso, mas também existem outras técnicas de vendas que auxiliam os clientes na tomada de decisão na hora da compra.

No Curso de Gatilhos Mentais para Vendas, você vai aprender 9 estímulos que podem te ajudar a impulsionar os resultados de vendas da sua empresa. Além disso, essa capacitação também te ensinará como aplicar essas técnicas.

Ficou curioso para saber quais são esses gatilhos mentais e ainda quer saber qual é o estímulo ideal para o seu negócio? Clique no botão abaixo e aprenda agora.

Curso de Gatilhos Mentais para Vendas