Para as companhias interessadas em usar a agilidade dentro de suas estruturas, é um grande desafio escolher o método mais adequado para a sua realidade. O Disciplined Agile (DA) adota diversas ferramentas para auxiliar no processo de decisão, orientando as equipes e as empresas para otimização do seu way of working (WoW) ou, em português, modo de trabalhar.

O DA parte da ideia de que você deve começar onde você está, faça o melhor possível na situação atual, sempre buscando melhorar. Nesse sentido, é muito mais do que um framework, é um kit de ferramentas que ajuda o aprendizado e guia as corporações para dar o próximo passo.

Diferentemente de muitas técnicas, o Disciplined Agile é um método híbrido, que pode ser usado também com outros métodos como, por exemplo, Scrum ou Kanban. Para que você possa aprender o essencial sobre o DA, organizamos as principais informações, nos seguintes tópicos:

  • O que é Disciplined Agile?
  • Quais os ciclos de vida nesse framework?

Pronto para saber um pouco sobre o DA? É só continuar a leitura!

 

O que é Disciplined Agile?

 

O Disciplined Agile, também chamado como DA, é um método ágil, que engloba diversas estratégias ágeis, sendo também chamado de kit de ferramentas ágeis. Esse framework propõe um abordagem híbrida e adaptável para que os usuários possam escolher quais características serão melhor utilizadas para seus contextos.

Esse método, que surgiu em 2009, foi criado por Scott Ambler e Mark Lines, na IBM Rational, sendo usado em agile software. Em 2012, foi publicado o primeiro livro sobre esse framework, intitulado “Introdução ao Disciplined Agile Delivery”, que hoje está em sua segunda edição.

Em 2012, esse framework passou para o domínio da Disciplined Agile Consortium, em que atualmente se encontra em sua quinta versão. Em 2019, foi comprado pela PMI.

Na época anterior a compra, o DA contava com 12 mil practitioners, em mais 30 países, e mais 50 mil cópias de livros vendidos. Incrível, não é mesmo?

O Disciplined Agile Delivery (DAD) foca nas decisões que precisam ser feitas e nas opções que estão disponíveis. Você pode usar o DA para identificar atividades que precisam ser feitas e escolhas específicas para cada situação. Ele considera as seguintes questões:

  1. Baseia-se em fundamentos agile e lean;
  2. Descreve específicos papéis e responsabilidades, de acordo com a função desempenhada;
  3. Prevê um fluxo de trabalho dinâmico;
  4. Descreve técnicas que buscam fazer o time avançar, usando práticas de alto nível.

Deu para perceber por que essa técnica é vista como sendo um modelo híbrido? Fala-se isso especialmente pelo fato de que ela é responsável por unir práticas e métodos ágeis, com fundamentos lean para buscar as melhores soluções.

Para você ter ideia, o DA adota estratégias dos seguintes métodos ágeis: DevOps, Scrum, Extreme Programming, SAFe, PMBOK Guide, Spotify, Kanban, Agile Modeling, Agile Data e DSDM.

O mindset ágil está no coração dessa metodologia cujos princípios essenciais são:

  • Satisfazer os clientes;
  • Ser incrível;
  • Levar em conta o contexto;
  • Ser pragmático;
  • Otimizar o fluxo;
  • Organizar-se de acordo com produtos e serviços;
  • Ter escolhas é bom;
  • Manter a empresa consciente.

Você já deve ter percebido como o DA pode ajudar times ágeis, com suas diversas ferramentas. Uma delas, que é muito usada atualmente, é o Scrum.

Ao dominar esse framework, você poderá trabalhar com entregas incrementais e iterativas, de grande valor para seus clientes. Ficou interessado em saber um pouco mais? Então, é com muito prazer que trazemos o curso completamente gratuito de Introdução ao Agile Scrum!

Quer participar? É só clicar no botão abaixo!

Clique aqui

Curioso para saber como o fluxo de trabalho torna-se dinâmico? É só ler o próximo tópico, que fala um pouco mais sobre os ciclos de vida do DA!

 

Quais os ciclos de vida nesse framework?

 

Uma das características incríveis do Disciplined Agile Delivery é que ele não prescreve um único ciclo de vida como, por exemplo, o Scrum. Muito pelo contrário! De acordo com o livro sobre DAD, existem seis possíveis ciclos de vida a serem adotados conforme o contexto de cada empresa.

São eles:

  1. Ciclo de vida ágil: ciclo de vida baseado em Scrum;
  2. Entrega contínua: ciclo de vida ágil;
  3. Ciclo de vida lean: ciclo de vida baseado em Kanban;
  4. Entrega contínua: ciclo de vida lean;
  5. Ciclo de vida exploratório (lean startup);
  6. Ciclo de vida do programa para um time de times.

Quer saber um pouco mais sobre eles? Continua a leitura para conferir!

 

1. Ciclo de vida ágil: ciclo de vida baseado em Scrum

 

A ideia desse tipo é ampliar o ciclo trazido pelo Scrum, com uma visão mais detalhada para o DAD, tendo em vista que esse método apresenta mais funções específicas.

 

2. Entrega contínua: ciclo de vida ágil

 

Nesta subseção, as equipes evoluem nos ciclos de vida de forma iterativa, com períodos de, mais ou menos, 1 semana.

 

3. Ciclo de vida lean: ciclo de vida baseado em Kanban

 

Traz um fluxo contínuo de trabalho, redução de gargalos, em que as próximas tarefas são iniciadas de acordo com a capacidade da equipe.

 

4. Entrega contínua: ciclo de vida lean

 

É uma versão enxuta do ciclo de vida lean. Nela, o produto é enviado para produção regularmente.

 

5. Ciclo de vida exploratório

 

É baseado nos princípios de Lean StartUp, podendo ser usado em conjunto com outros ciclos de vida.

 

6. Ciclo de vida do programa para um time de times

 

Esse tipo organiza um fluxo de trabalho que auxilia os gerentes do programa, facilitando a organização.

 

Podemos notar como o DA pode se adaptar facilmente a várias realidades, fornecendo um bom suporte para a execução e o gerenciamento de projetos. 

 

Preparado para dar o próximo passo?

 

Hoje aprendemos um pouco sobre o Disciplined Agile e como essa metodologia híbrida pode ajudar empresas em diversos contextos. Percebemos que para dominá-la, é preciso ter conhecimento de método ágeis como o Scrum.

Por isso, que tal se aprofundar em Scrum, realizando o Curso de Formação Scrum Master Exin? Nele, você aprenderá a entender o funcionamento do Scrum, a pensar ágil e em termos de melhoria contínua.

Além disso, você também estará se preparando para a certificação, visto que o nosso curso é oficialmente reconhecido pela Exin.

Ficou interessado? Clique no botão abaixo e confirma!

Curso de Formação Scrum Master Exin