Será que devo buscar experiência profissional ou emendar outro curso? É melhor uma pós ou um mestrado? Essas são as dúvidas que mais atormentam os recém-formados.

Para saber o que fazer depois da graduação, a primeira coisa que se tem que fazer é se perguntar que tipo de profissional você quer ser. É de suma importância saber onde se quer chegar, que tipo de atividade quer desempenhar dentro de cada área de atuação.

Ao se formar, o profissional tem algumas opções de caminhos para seguir. Nesse artigo, veremos algumas das principais opções que todo recém-formado tem a sua frente para seguir. Vamos lá?

 

Pós-graduação

 

Quando perguntados sobre o que fazer depois da graduação, muitos alunos escolherão fazer uma pós-graduação. Essa escolha tem se tornado cada vez mais comum, devido à alta exigência do mercado de trabalho por profissionais capacitados.

Outro ponto a se destacar é o crescente interesse de muitos jovens em seguir uma carreira acadêmica, o que os leva pelo caminho de complementar a formação obtida na graduação. Nesse ponto, costuma haver uma confusão entre pós-graduação, mestrado e doutorado.

Para esclarecer isso, precisamos entender que existem dois tipos de pós-graduação: lato sensu e stricto sensu. Certo, deixe-me explicar:

 

Lato Sensu

 

Nessa modalidade de pós-graduação é que se encaixam as especializações, e é aqui que entra o conhecido MBA (Master in Business Administration), que é voltado para a área de administração de empresas.

Os processos seletivos para esse tipo de pós envolvem entrevistas e análise curricular. Os cursos lato sensu são regulados pelo MEC e têm uma duração mínima de 360 horas. Após apresentação de uma monografia, o aluno recebe um certificado de conclusão.

 

Stricto Sensu

 

A pós-graduação stricto sensu é aquela que gera um diploma ao aluno e não um certificado. Essa pós dá ao aluno o título de Mestre e Doutor em determinada área de conhecimento.

Ou seja, são os cursos de pós-graduação stricto sensu que recebem os nomes de mestrado e doutorado. São regulados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Esse tipo de curso geralmente é voltado para uma formação científica, embora tenha se tornado mais comum programas de mestrado voltados para uma formação mais profissionalizante.

Apesar de a duração variar de um programa para outro, a média de duração de um curso de mestrado é 2 anos, por exemplo. Para obtenção do título, é necessário fazer uma defesa de dissertação (mestrado) ou tese (doutorado), que é realizada diante de uma banca de 3 a 7 pessoas com titulação mínima de doutor.

Lembre-se de que independentemente de qual modalidade você escolha, sempre busque por instituições de ensino confiáveis, certificadas pelo MEC.

 

Programa de Trainee

 

Uma alternativa cada vez mais comum após a graduação é o programa de trainee. Os salários chamativos e a possibilidade de um plano de carreira bem estabelecido fazem que muitos jovens se dediquem a esses processos seletivos como sendo a grande meta de suas carreiras.

As excelentes vantagens de um programa de trainee fazem com que ele seja extremamente concorrido, com programas como o da Ambev chegando a ter 3.387 candidatos por vaga!

Mas fique tranquilo, pois aqui no nosso Blog, você fica sabendo tudo o que as grandes empresas esperam de um trainee, com inclusive um pouco do depoimento pessoal do nosso diretor executivo, Thiago Coutinho.

 

Empreendedorismo

 

O empreendedorismo é, com certeza, uma excelente alternativa quando falamos do que fazer depois da graduação, tendo recebido grande importância nos tempos atuais. Inclusive, se tornou disciplina obrigatória em um grande leque de cursos de ensino superior e até mesmo em várias escolas de ensino médio.

A possibilidade de ter o próprio negócio e alcançar o sucesso através dos seus feitos atrai muitos recém-formados que sonham em colocar o seu nome em algo duradouro.

Outras vantagens, como ser seu próprio chefe e fazer seu horário também chamam atenção. Porém isso tudo acarreta em muita responsabilidade, determinação e capacitação. Nesse ponto, um MBA pode ajudar bastante, embora não seja necessário.

Visando impulsionar seu negócio e fazer com que ele prospere, é necessário que o empresário tenha conhecimento de gestão financeira, além de possuir um bom networking. Vale ressaltar que grande parte desse networking é adquirido durante a faculdade.

 

Concurso

 

O clássico dos clássicos, o concurso público é sempre uma ótima escolha de carreira. Todo estudante já ouviu de alguém na família que o caminho do sucesso é passar em um concurso público, não é mesmo?

Embora os concursos não tenham mais o mesmo status de “o segredo do sucesso” como possuíam há alguns anos atrás, eles ainda são, sem nenhuma dúvida, uma das melhores opções de carreira para qualquer recém-formado que se questiona o que fazer depois da graduação.

Os salários vantajosos e a estabilidade profissional podem ser consideradas as maiores vantagens de se escolher esse rumo. É preciso levar em consideração, entretanto, que há uma intensa disputa para conseguir passar em um concurso. Uma vez dentro, é só “correr para o abraço”.

 

Desenvolvimento profissional

 

Como já vimos, na busca para saber o que fazer depois da graduação, muitos recém-formados optam por alguma especializam acadêmica. Mas não é só esse tipo de capacitação que o jovem que acaba de sair da faculdade tem a sua disposição, pois também é possível investir diretamente na capacitação profissional.

Durante a graduação, não costuma sobrar muito tempo para realizar cursos de capacitação, assim como outros tipos de aprimoramento pessoal, como um curso de inglês, ou mesmo quando se faz um curso, conseguir se dedicar ao aprendizado do idioma.

Para você que é das áreas de engenharia e administração, para estar pronto para o nível de excelência que o mercado de trabalho exige, você precisa saber o que é Lean Manufacturing e metodologia Seis Sigma. Essas duas metodologias geralmente são aplicadas de forma combinada, dando origem ao Lean Seis Sigma.

Outra dica excelente se aplica a você que não teve a oportunidade de fazer um intercâmbio durante a graduação. Esse período após terminar o curso pode ser de grande proveito para realizar um intercâmbio fora do país, o que traz benefícios tanto para sua carreira quanto para sua vida pessoal, além de ser uma das melhores formas de se aprender e se tornar fluente em outro idioma.

 

Fazer outra graduação

 

Embora pareça amedrontador para muitos, essa opção é o caso de muitas pessoas que finalizam a faculdade, e isso acontece porque o estudante entra na universidade muito jovem e muitas vezes sem informação suficiente sobre o curso escolhido.

Aliado a esses fatores, temos também a pressão da família ou da sociedade para que esse estudante tenha um diploma de curso superior. Assim, muitos acabam finalizando a faculdade apenas pelo diploma, e logo já emendam em outro curso para obter a desejada realização pessoal e profissional.

Nesse ponto, deve-se ter cuidado para não cometer o deslize de começar a pular de curso em curso nem nunca decidir qual rumo tomar na vida profissional. Lembre-se de que, geralmente, profissionais com experiência são mais reconhecidos no mercado do que aqueles que empilham diplomas mas carecem de prática.

 

O que não fazer depois de formar?

 

Tão importante quanto saber o que fazer depois da graduação, é saber o que não fazer. Tenha cuidado de não cair no erro de se acomodar e achar que já se esforçou o suficiente, pois o caminho para o sucesso e crescimento profissional envolve dedicação constante.

Não estou dizendo que você deve se tornar obcecado com trabalho e esquecer de relaxar, porque isso não faz bem algum. Pelo contrário, é preciso saber relaxar e aproveitar os momentos de lazer, pois sua mente e seu corpo precisam desse tipo de descanso para funcionarem de forma adequada.

Afinal de contas, a faculdade pode ser bastante desgastante, não é verdade? Quantas horas de sono você ficou devendo ao longo do caminho? Devido a isso, você provavelmente não vê a hora de colocar esse sono em dia e não sou eu que vou te condenar por isso.

Volto a dizer que a questão é não relaxar demais e acabar se acomodando. Não ache que seus problemas acabaram, na verdade a sua vida está apenas começando.

 

Torne-se um profissional cobiçado pelo mercado!

 

Infelizmente, hoje é muito comum que estudantes se formem e lutem com o desemprego. Possuir apenas uma graduação quase nunca garante que você alcance aquele cargo que sonhou durante toda a graduação. Então, é necessário encontrar algo que faça com que você se destaque diante de milhares de candidatos em um processo seletivo ou que faça com que o negócio que você deseja começar prospere. 

Então, comece agora mesmo a buscar esse diferencial! Confira o nosso pacote Master Black Belt, que contempla acesso a todos os cursos da Formação Seis Sigma da Voitto. 

É uma solução completa para você alcançar o topo da metodologia Lean Seis Sigma, através de cursos que possuem o selo de qualidade do fórum Six Sigma Brasil e a acreditação internacional pelo The Council for Six Sigma Certification.

Garanta já a sua inscrição!