Empreender é uma tarefa que, mesmo em períodos de economia aquecida, se mostra muito complexa. Em momentos de crise então, esta missão apresenta tantas dificuldades que chegamos a nos perguntar: será que é possível ter sucesso ao empreender na crise?

Apesar disso, seja para testar as próprias ideias, vencer a barreira do desemprego, ter sucesso em um empreendimento, ser mais independente ou ter a capacidade de conquistar ganhos escaláveis, é imenso o número de pessoas que deseja começar o próprio negócio.

Pensando nisso, separamos para você neste artigo os seguintes tópicos:

  • É possível empreender durante a crise?;

  • Como empreender na crise?;

  • Qual a melhor área para empreender na crise?;

  • Ideias de negócio para quem quer empreender na crise.

 

É possível empreender durante a crise?

 

As crises são muitas vezes debatidas como grandes oportunidades de crescimento.

Não é que se deva se aproveitar de um problema coletivo para crescer mas, partindo da ideia de que um empreendedor é um grande solucionador de problemas, você pode utilizar a sua ideia para ajudar a sua comunidade, cidade, estado e país, a passar por estes momentos de maneira mais branda.

Porém, para tanto será necessário muito foco, excelência na execução, capacidade de adaptação e agilidade para melhoria contínua dos processos da empresa.

Portanto, se você tiver as habilidades descritas acima, somadas a muita vontade de aprender e inteligência emocional para gerir bons resultados e adversidades, empreender é possível e viável para você!

 

Como empreender na crise?

 

Existem diferentes tipos de crise. Por isso, é muito importante que você saiba identificar as reais necessidades das pessoas neste momento e idealize um produto ou serviço capaz de solucionar estes problemas.

Mas atenção, você deve idealizar algo que, passada a crise, continue sendo útil e entregando algum valor para as pessoas. Caso contrário, o fracasso do seu negócio estará iminente.

Visto isso, é importante também que você saiba avaliar se, a sua ideia não é antiga e disfuncional demais para o contexto em que você está inserido.

Imagine, por exemplo, que por anos você vem juntando dinheiro e planejando abrir uma escola presencial de cursos de inglês.

Porém, exatamente no momento em que você consegue o capital necessário para isto, o mundo entra na pandemia do Coronavírus, que tem como medida de contenção o distanciamento social.

Será prudente que você: ou postergue a abertura deste negócio, ou estude como lançá-lo e promovê-lo de maneira digital, evitando assim inclusive, gastos com a compra ou locação de uma sede.

Espero que tenha percebido, com este exemplo, o quanto a capacidade de adaptação é importante no mundo empreendedor.

 

Qual a melhor área para empreender na crise?

 

Imersos na crise, sem sombra de dúvidas a melhor área para se empreender é em empresas digitais.

Com a internet, abrir e manter um negócio ficou muito mais barato e fácil e, se você já é dono de um negócio físico, adaptá-lo para um modelo digital também é uma excelente maneira de rentabilizar mais.

Isso acontece porque com um negócio digital você não tem os gastos de um negócio físico: água, luz, telefone, locação, condomínio, IPTU, funcionários, etc.

Outro grande benefício dos negócios digitais tem grande nível de escalabilidade, já que, com o marketing correto, você consegue alcançar um número muito maior de clientes com o perfil de seu público alvo e, vendendo um produto de qualidade, eles próprios começaram a promovê-lo.

 

Ideias de negócio para quem quer empreender na crise

 

Já que descobrimos que é possível e sabemos a melhor área para empreender na crise, está na hora de ver alguns exemplos de empreendimentos que tem dado certo neste contexto.

 

Restaurantes com Delivery

Se você sempre sonhou em abrir uma lanchonete ou restaurante, este pode ser um bom momento. Afinal, este é um ramo onde as pessoas não param de consumir e, mesmo em crises geradas por pandemias como o Coronavírus, este tipo de negócio continua sendo extremamente necessário para a sociedade.

Além disso, outro ponto positivo é que, inicialmente, você não precisará se preocupar muito com as entregas. Os aplicativos de serviço de entrega passaram a ser,  juntos, um dos maiores empregadores do país. Isso significa que, você pode utilizar toda essa infraestrutura já montada e amplamente utilizada, para te ajudar no seu negócio.

Dessa maneira, você obtém nas plataformas destes aplicativos, uma grande vitrine para o seu estabelecimento e uma facilitação no delivery do seu restaurante. Porém, o ponto negativo é que você precisará pagar taxas para os apps em cima de seus lucros.

 

Escolas digitais

Como já foi dito neste artigo, os momentos de crise são vistos como momentos de oportunidade de crescimento por muita gente. Dessa maneira, muitos usarão estes tempos para se capacitarem e se prepararem para voltar ao mercado como profissionais mais qualificados.

Assim, escolas digitais de idiomas, capacitação, e outros tipos de cursos online, têm tudo para se destacar nestes momentos.

 

Lojas com e-commerce

Já faz um bom tempo que as lojas físicas, vem perdendo espaço para as virtuais. Isso acontece pois, devido aos custos do espaço físico e dos funcionários, a loja física precisa de mais dinheiro simplesmente para se manter, isso influencia diretamente no preço dos produtos, o que explica o aumento gigantesco das compras online.

Dessa maneira o e-commerce vêm crescendo consideravelmente, demonstrando um alto nível de escalabilidade e necessitando de baixo investimento inicial e pouco capital de giro.

Sendo assim, este ramo se mostra uma ótima opção para começar um empreendimento em um momento de crise e também para transformar seu, já existente, negócio próprio.

 

A execução transforma o sonho em realidade!

 

Sabe-se que ainda existe grande burocracia e dificuldade existente para se abrir um negócio no Brasil.

Apesar disso, com uma boa ideia, um planejamento correto, uma excelente execução e o foco na melhoria contínua dos seus produtos, serviços e processos, é completamente possível empreender e fazer com que o seu novo negócio alcance bons resultados, independente do momento ou da área de atuação.

A internet abriu muitas portas, hoje você consegue atingir o seu público sem sair de casa. Pessoas buscando por produtos de beleza, por uma alimentação saudável, por técnicas para ganhar dinheiro e investir para enriquecer, você pode atingir a cada um destes públicos se utilizar corretamente as ferramentas do marketing digital.

O Grupo Voitto, maior escola de gestão do país, vem abordando estes e diversos outros temas pertinentes ao empreendedorismo, por meio de nossos artigos, workshops e cursos. Navegue pelo nosso site e pelo nosso blog e descubra o mundo de possibilidades que te aguardam nesse momento.

Independente da sua escolha, sobre empreender na crise econômica que nos atinge, ou aguardar pela recuperação, agora é a hora de estudar e se capacitar cada vez mais. Por isso, faça já o curso de Formação Empreendedora, e garanta o sucesso do seu empreendimento!

 

Curso de Formação Empreendedora