Em março de 2020, devido a pandemia de coronavírus, o trabalho remoto se tornou parte da realidade de muitos profissionais.

De acordo com um relatório da Fundação Getúlio Vargas (FGV), 30% das empresas que adotaram essa modalidade pretendem mantê-la ao menos uma vez por semana após o fim da crise.

O modelo de trabalho remoto já era uma tendência mundial, e agora está se consolidando. Então, nesse artigo vamos mostrar as suas principais características e como você pode exercê-lo por meio dos tópicos:

  • O que é o trabalho remoto?
  • Como funciona o trabalho remoto?
  • Diferenças entre trabalho remoto e Home Office;
  • Quais são as profissões mais comuns no trabalho remoto?
  • Vantagens e desvantagens do trabalho remoto para as empresas;
  • Vantagens e desvantagens do trabalho remoto para os colaboradores;
  • 5 Sites que oferecem opções de trabalho remoto;
  • 5 Dicas para ter sucesso trabalhando remotamente;
  • Aprenda a gerenciar seu tempo para ser mais produtivo.

 

O que é o trabalho remoto?

 

O trabalho remoto é toda atividade que pode ser exercida à distância, fora de um ambiente de trabalho tradicional, como escritório ou empresa. Ou seja, não há um lugar definido para a realização das tarefas laborais.

Podemos perceber que esse tipo de trabalho não é algo novo. Profissionais como corretores, vendedores e caminhoneiros já realizam atividades nessa modalidade há algum tempo.

A grande diferença é que agora o trabalho remoto aparece como uma opção viável para diversas outras profissões, principalmente por causa da evolução rápida da tecnologia e dos meios de comunicação

Assim, ele também pode ser chamado de teletrabalho, e vai fazer parte da realidade de várias companhias, tanto em empresas de tecnologia como em qualquer outra.

E, se esse modelo de trabalho já chegou até você, não deixe de conferir o nosso E-book sobre como fazer um Home Office incrivelmente produtivo. O material é gratuito e para fazer download é só clicar no botão abaixo!

Ebook Como Fazer um Home Office Produtivo

 

Como funciona o trabalho remoto?

 

O trabalho remoto depende do tipo de contratação do profissional. Se é um modelo mais liberal, normalmente o profissional define sua modalidade de trabalho.

Caso seja mais tradicional, essa decisão fica por conta da empresa. Vamos ver um pouco mais sobre os tipos de trabalhadores remotos:

 

Freelancer

O freelancer é um trabalhador autônomo que presta serviços para empresas ou pessoas, sem vínculos trabalhistas. Ou seja, não existe a figura de um chefe.

O freelancer está muito ligado ao mundo digital. Normalmente, por conta de ser um profissional liberal, ele escolhe o seu ambiente de trabalho e é responsável por manter a sua organização, como também estabelece seu próprio ritmo e seus horários.

Ele pode exercer suas funções como pessoa jurídica ou por meio de plataformas, vamos mostrar algumas delas ao longo do texto.

Nesse modelo, o profissional pode ser requisitado diretamente ou procurar trabalhos. Uma vantagem é a flexibilidade, sendo possível trabalhar em vários projetos ao mesmo tempo e para várias empresas diferentes. Entretanto, os ganhos não são fixos, e ele pode receber principalmente por duas formas:

 

  • Por entrega: o recebimento por entrega é feito de uma maneira muito simples: a empresa contrata o freelancer para executar determinada atividade em um prazo definido. Quando ele finaliza a tarefa, recebe o pagamento
  • Por horas trabalhadas: já a contratação por horas trabalhadas normalmente está relacionada a projetos de longo prazo e é um pouco mais fixa. Pode englobar tarefas como gerenciamento de redes sociais, edição de vídeos ou programação, por exemplo. Nesse caso, o pagamento é feito de acordo com a quantidade de horas de trabalho.

 

Contratado

Ao contrário de um freelancer, o trabalhador contratado é mais estável. Ele pode ter vínculo empregatício (carteira de trabalho assinada) ou não (como um estagiário, por exemplo).

Em uma empresa que opta pelo trabalho remoto, a distribuição de tarefas tem que ser feita da maneira mais organizada possível.

Ela também deve prezar pela qualidade da informação. Além disso, os processos seletivos precisam ser feitos observando as características importantes para a realização do trabalho remoto.

 

Diferenças entre trabalho remoto e Home Office

 

A abrangência dos termos é a principal diferença. O conceito de Home Office está dentro do trabalho remoto

O Home Office (em português, “escritório em casa”) consiste em realizar atividades do trabalho em casa. É uma ideia que vem na esteira dos novos modelos flexíveis de trabalho da Indústria 4.0.

Já o trabalho remoto é muito mais abrangente, como vimos anteriormente. Ele pode ser realizado em ambientes como aeroportos, shoppings, cafeterias, etc. englobando também o trabalho em casa.

Outra diferença é que o conceito de trabalho remoto surgiu antes, com profissões como taxistas, caminhoneiros e corretores, por exemplo. Por sua vez, o Home Office surgiu nos Estados Unidos em meados dos anos 1990, com a popularização da internet e a evolução de tecnologias dos celulares e notebooks.

 

Quais são os tipos de profissões mais comuns no trabalho remoto?

 

Trabalho remoto

 

Por conta da flexibilidade, diversas profissões tiram mais proveito do trabalho remoto, principalmente aquelas ligadas à criatividade. Algumas delas são:

 

Jornalistas

Os jornalistas utilizam o trabalho remoto há bastante tempo. Hoje em dia, é mais fácil ainda produzir material jornalístico sem a necessidade das grandes estruturas das emissoras de rádio e TV.

 

Programadores e Desenvolvedores

A informatização cada vez mais domina o mercado, e nesse contexto, os programadores têm ganhado importância. Às vezes, os custos de ter um programador alocado (tempo e combustível) fazem com que o trabalho remoto seja a opção mais viável para os desenvolvedores.

 

Designers

Os designers são muito beneficiados pelo trabalho remoto por conta da flexibilização do processo criativo, vital para esse tipo de atividade. É possível desenvolver seu próprio ritmo de produção e fazer pausas necessárias para buscar inspiração.

 

Redatores

O teletrabalho acaba sendo mais prático para redatores por causa do maior conforto de escolher o próprio ambiente de trabalho. Assim como aos designers, ele é vantajoso por propiciar mais liberdade à produção criativa.

 

Vendedores

O setor comercial é de igual modo beneficiado pelo trabalho remoto. Os vendedores podem usar ferramentas como celulares ou notebooks para fazer suas tarefas sem a necessidade de estarem fixos em um ambiente.

 

Vantagens e desvantagens do trabalho remoto para empresas

 

Vamos ver os principais benefícios relacionados a esse modelo de trabalho para as empresas:

 

  • Redução de custos: um dos principais benefícios que podemos observar é a economia. A empresa não precisa gastar com deslocamentos (vale-transporte ou fretados), e há menor necessidade de manutenção com a redução da utilização do espaço físico;
  • Agilidade de processos: o trabalho remoto pode elevar a moral da equipe, uma vez que os funcionários irão produzir da maneira como acharem melhor. Além disso, oferecer oportunidades de trabalho a distância pode gerar uma sensação de liberdade e confiança que ajuda o clima organizacional;
  • Melhor gestão de informações: como tudo é feito online, as informações acabam ficando registradas. Dados de vendas, informações de compras, registros de frete: tudo isso fica disponível para uma análise mais precisa. Desse modo, fica mais fácil de gerenciar remotamente e tomar decisões melhores.

 

Agora, vamos dar uma olhada nos principais desafios:

 

  • Dificuldade de coordenação: alguns fatores como falta de maturidade da equipe ou pouca facilidade com a tecnologia podem acabar atrapalhando a supervisão das atividades. Nesse sentido, a falta de uma proximidade física pode complicar a vida dos gestores;
  • Tempo de adaptação: se é uma empresa que deseja migrar para esse sistema de trabalho, deve ter um plano bem estruturado para não deixar lacunas. Por um período, os funcionários terão que se adaptar com as questões relacionadas ao trabalho remoto;
  • Investimento em tecnologia: em alguns casos, pode ser necessário fornecer materiais de trabalho aos colaboradores, como celulares e notebooks. Algumas empresas também podem ter que aderir a plataformas online para controlar os processos.

E para os colaboradores?

 

Vantagens e desvantagens do trabalho remoto para os colaboradores

 

Aqui estão algumas benefícios que os trabalhadores desse modelo têm:

 

  • Flexibilidade: uma vantagem muito grande é a flexibilidade de horários. O sonho de muitos é poder estabelecer seu próprio ritmo ou produzir no horário em que rende mais. Ainda mais, há o conforto de poder trabalhar onde quer: no sofá, na mesa da cozinha, na varanda, quintal, etc.
  • Qualidade de vida: algumas condições de trabalho podem prejudicar o psicológico, como ambientes barulhentos e trânsito pesado para chegar até a empresa. Por isso, o trabalho remoto contribui para reduzir o estresse, ajudando a melhorar a sua saúde mental e física.
  • Crescimento profissional: o fator de precisar manter uma autodisciplina pode ser algo enriquecedor para o desenvolvimento profissional. Além disso, a experiência do freelance traz muita bagagem, já que você é seu próprio setor de marketing, vendas, produção e recursos humanos, tudo ao mesmo tempo.

 

Mas, também existem algumas desvantagens, como:

 

  • Distrações: a responsabilidade de ser seu próprio chefe é muito maior, já que você mesmo tem que se cobrar para executar as tarefas. É um exercício constante de foco e concentração.
  • Investimento próprio em infraestrutura: como você utiliza seus próprios materiais de trabalho, as melhorias necessárias saem do seu bolso, caso você não seja contrato de uma empresa. Pode ser preciso investir em uma melhor conexão com a internet ou em um notebook novo.
  • Atualização constante: quem trabalha remotamente precisa estar sempre atento às últimas tendências. Principalmente para quem quer trabalhar com freelance, é muito importante ficar ligado nas novas demandas que surgem para não ficar ultrapassado e perder a clientela.

 

Sites e plataformas para quem quer encontrar um trabalho remoto

 

Para te ajudar a encontrar um trabalho remoto, montamos a seguinte lista de sites:

 

Workana

Na Workana, existem diversas oportunidades de trabalho. É uma plataforma que intermedia o contato entre freelancer e cliente.

 

99Freelas

O 99Freelas também tem projetos de várias áreas e com diferentes níveis de dificuldade, de iniciante a especialista.

 

Freelancer.com

Um dos primeiros sites do gênero, no Freelancer.com existem diversas oportunidades, principalmente para designers e programadores.

 

GetNinjas

Nessa plataforma existem jobs de muitos tipos, mas o site influencia diretamente em quais propostas vão aparecer para os clientes. 

 

Home Agent

O Home Agent já é mais direcionado: o foco é atendimento ao cliente. Basta ter um equipamento mínimo para isso e já é possível se candidatar às vagas.

 

5 dicas para ter sucesso trabalhando remotamente

 

Separamos algumas dicas para que você possa render ao máximo com o trabalho remoto:

 

1. Defina um ambiente de trabalho

 

Pode parecer contraditório, mas não é. Apesar de fornecer uma liberdade maior, o ideal é definir um ambiente de trabalho específico para favorecer sua organização

 

2. Tenha um planejamento

 

Seja um trabalhador contratado ou freelancer, saber gerenciar a rotina é primordial para ter sucesso. Estabeleça as principais atividades da semana e faça um cronograma, definindo prazos. Sendo seu próprio chefe, é necessário ter muito mais disciplina para conseguir render.

 

3. Estabeleça seu próprio método de trabalho

 

Faça alguns testes para verificar a melhor maneira de trabalhar. Estabelecer uma espécie de roteiro para cada atividade que você precisa desempenhar pode te ajudar. Isso facilita a execução das tarefas, aumentando a produtividade e otimizando o tempo.

 

4. Amplie seu networking

 

Essa dica é importante principalmente para os freelancers de plantão. Invista tempo em networking, fazendo o seu marketing pessoal e criando o seu portfólio para alcançar mais clientes. Desse modo você vai atrair outras pessoas e não ficará longos períodos sem trabalho, e por consequência, sem ganhar.

 

5. Invista na sua atualização

 

No mundo de hoje, existem novidades a todo momento. Isso exige do trabalhador remoto uma disposição de estar sempre pronto para aprender. Por isso, é importante que você Invista em cursos de capacitação de novas tecnologias.

 

Aprenda a gerenciar seu tempo para ser mais produtivo!

 

Como abordado no texto, para ter sucesso no modelo de trabalho remoto você deve saber administrar bem o seu tempo e dedicá-lo as tarefas corretas.

Então, independente se você está trabalhando como freelancer ou se a sua empresa adotou o home office, não deixe de realizar o nosso curso de Gestão do Tempo e Produtividade Profissional!

Como este curso você vai conhecer e saber aplicar os três princípios da administração do tempo, além de praticar o autoconhecimento nos módulos, aprender a criar uma rotina e ser capaz de entregar projetos de qualidade no prazo determinado.

Torne o tempo um aliado da sua produtividade com esse curso! Para saber mais é só clicar no botão abaixo!

Curso de Gestão do Tempo e Produtividade Profissional